terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Programação do Natal 2018


ENCERRADOS OS FESTEJOS EM HONRA A SANTA LUZIA




Com uma programação, que começou com duas celebrações eucarísticas (às 6 e 9 horas); uma procissão que percorreu às ruas e avenidas Antônio Rocha, Rua das Gaivotas, Pe. Francisco Pita, Desembargador Faustino de Albuquerque, João Luís Santiago, Senador Carlos Jereissati, onde fica a Capela Nossa Senhora Aparecida; Teodoro de Paiva, Francisco das Chagas Mendes e Plinio Monteiro, no bairro Luciano Cavalcante, com a coordenação do Pe. Washington, que auxiliou o pároco Clériston Ferreira na missa, ficaram encerrados, ontem, dia 13 de dezembro, os festejos em honra a Santa Luzia.

A procissão com a imagem, carregada num andor por membros do movimento Terço dos Homens, arrastou muitos fiéis, a maioria devotos da Santa, recebida na chegada, em sua Capela, por um grande número de pessoas, que a aplaudiu delirantemente. Essas pessoas lotaram a pracinha, ao lado da Capela, onde foi celebrada uma missa campal, todos com bandeirinhas de papel com a foto da imagem e a letra do hino de Santa Luzia.

RECEPÇÃO

Todos foram recebidos pelo padre Clériston, que antes de dar início à celebração agradeceu aos que colaboraram com o sucesso da festa não só na parte espiritual -  com missas, adoração ao Santíssimo, Terço Mariano, conduzido pelas Legionárias e novenas – como no social, com apresentações de grupos musicais, bingos, rifas, comidas típicas e o tradicional “Leilão dos Santos Olhos”.

HOMILIA

Depois da proclamação do Evangelho, feita pelo padre Washington, o Pe. Clériston relatou a vida de Santa Luzia, uma virgem martirizada,  que não se afastou um milímetro dos ensinamentos cristãos. No ano 250, por ordem do imperador Deocleciano, que se declarara deus, “não se podia falar em Jesus, pois ele era Deus. Luzia queria servir ao Senhor e manteve sua fidelidade ao Senhor por quem sacrificou sua vida”.  

O presidente da celebração aproveitou a oportunidade para dizer que a família está sendo atacada “e os pais estão sendo chamados a dar bom exemplo aos seus filhos rezando o Terço em Família, fazendo orações e lendo em Bíblia”. Na ocasião, anunciou que a Paróquia São João Eudes está incentivando os paroquianos a lerem as Sagradas Escrituras com o projeto “Bíblia na mão, Jesus no Coração” e que em 2019 os paroquianos poderão se aprofundar ainda mais com o Curso de Teologia que  a Paróquia estará oferecendo aos interessados.  

Fonte:http://blogdasagradafamilia.blogspot.com/2018/12/encerrados-os-festejos-em-honra-santa.html

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

AMANHÃ, ENCERRAMENTO DA FESTA EM HOMENAGEM A SANTA LUZIA





Com uma procissão, que percorrerá várias ruas e avenidas do bairro Luciano Cavalcante, onde fica localizada a Capela da padroeira, ficam encerrados amanhã,  os festejos em honra a Santa Luzia, protetora dos olhos. A festa teve como tema “Através dos olhos de Santa Luzia, enxergar o amor de Deus nos irmãos”.

Os festejos foram abertos no dia 4, com uma celebração presidida pelo padre Clériston Ferreira, pároco de São João Eudes, paróquia a qual pertence a Capela  de Santa Luzia, que recebeu ontem, dia 11 de dezembro, o padre Tiago, do Seminário São José, no bairro Castelão,  que presidiu a celebração e conduziu parte da adoração Santíssimo. A noite de ontem contou ainda com a presença de membros da Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

PROGRAMAÇÃO

Hoje, dia 12 -  quarta-feira – 18 horas: terço, novena e missa: Convidadas: Mãe dos Pobres e Aparecida.

Amanhã, dia 13 – quinta-feira – Encerramento da Festa, com celebrações eucarísticas às 6 e 9 horas, a procissão às 17h30 min e logo em seguida, às 19 horas, a  santa  missa.
Depois da Missa, bingos, rifas, bazar, músicas e comidas típicas.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

INICIADOS OS FESTEJOS EM HONRA A SANTA LUZIA




Com o hasteamento das bandeiras brasileira e da padroeira, ao som do Hino Nacional,  foram iniciados, na noite de ontem, dia 4 de dezembro, na sua Capela, pertencente à Paróquia São João Eudes, os festejos em honra a Santa Luzia.

A abertura, de acordo com a programação, constou de reza do Terço Mariano, coordenada pelas Legionárias; Adoração ao Santíssimo Sacramento, novena e Missa, celebrada pelo padre Clériston Mendes Ferreira, Sjm.

HOMILIA

Na sua homília, o celebrante fez um histórico da Capela, que fica no bairro Luciano Cavalcante e tem mais de 100 anos. Ele aproveitou para elogiar os membros da comunidade que “vivem seu carisma através de sua santa, ela que procurou viver a vontade de Deus”.

O celebrante disse ainda que precisamos da oração e sermos ouvintes da Palavra, porque Ela revela Jesus na nossa vida. E acrescentou que “o  ensinamento do Senhor é para vivermos a humildade”. Ele aproveitou ainda para perguntar  que tipo de cristão estamos sendo na Igreja, na família?

HASTEAMENTO

Depois da bênção final, pároco Clériston Mendes Ferreira convidou aos participantes da celebração para se deslocarem para frente da Capela, onde ele presidiu a solenidade de hasteamento dos pavilhões do Brasil e de Santa Luzia.


PROGRAMAÇÃO

A festa em homenagem a Santa Luzia tem prosseguimento nesta noite, com a reza do Terço Mariano, adoração ao Santíssimo Sacramento, novena e missa. Em seguida, convívio social, com muita música e comidas típicas.