quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

FESTA EM HONRA A SANTA LUZIA ENCERRA COM PROCISSÃO E MISSA



Com uma missa e procissão, coordenada pelo padre Washington,  iniciada às 17h30 e que passou pelas ruas Antônio Rocha, Amador Bueno, Desembargador Carvalho Lima, Padre Francisco Pita, Stênio Gomes, Ademar de Barros, Deodoro de Paiva e Francisco das Chagas Mendes, ficaram encerrados na tarde-noite, de ontem, os festejos em honra a Santa Luzia, cuja capela fica localizada no bairro Jardim das Oliveiras. 

Depois da caminhada foi realizada uma  Missa Campal, celebrada pelo padre Luís Gabriel, pároco de São João Eudes, que fez uma homília que tocou nos corações dos participantes tanto da procissão como da celebração eucarística.


Pelos cálculos dos organizadores da festa, o número de fiéis católicos, especialmente dos devotos da  padroeira do bairro, foi infinitamente maior do que o do ano passado.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Santa Luzia, protetora dos olhos

Santa LuziaSanta Luzia vendeu tudo, deu aos pobres, e logo foi acusada pelo jovem que a queria como esposa

O nome de Santa Luzia deriva do latim e significa: Portadora da luz. Ela é invocada pelos fiéis como a protetora dos olhos, que são a “janela da alma”, canal de luz.
Ela nasceu em Siracusa (Itália) no fim do śeculo III. Conta-se que pertencia a uma família italiana e rica, que lhe deu ótima formação cristã, a ponto de ter feito um voto de viver a virgindade perpétua. Com a morte do pai, Luzia soube que sua mãe, chamada Eutícia, a queria casada com um jovem de distinta família, porém, pagão.
Ao pedir um tempo para o discernimento e tendo a mãe gravemente enferma, Santa Luzia inspiradamente propôs à mãe que fossem em romaria ao túmulo da mártir Santa Águeda, em Catânia, e que a cura da grave doença seria a confirmação do “não” para o casamento. Milagrosamente, foi o que ocorreu logo com a chegada das romeiras e, assim, Santa Luzia voltou para Siracusa com a certeza da vontade de Deus quanto à virgindade e quanto aos sofrimentos pelos quais passaria, assim como Santa Águeda.
Santa Luzia vendeu tudo, deu aos pobres, e logo foi acusada pelo jovem que a queria como esposa. Não querendo oferecer sacrifício aos falsos deuses nem quebrar o seu santo voto, ela teve que enfrentar as autoridades perseguidoras. Quis o prefeito da cidade, Pascásio, levar à desonra a virgem cristã, mas não houve força humana que a pudesse arrastar. Firme como um monte de granito, várias juntas de bois não foram capazes de a levar (Santa Luzia é muitas vezes representada com os sobreditos bois). As chamas do fogo também se mostravam impotentes diante dela, até que por fim a espada acabou com vida tão preciosa. A decapitação de Santa Luzia se deu no ano de 303.
Conta-se que antes de sua morte teriam arrancado os seus olhos, fato ou não, Santa Luzia é reconhecida pela vida que levou Jesus – Luz do Mundo – até as últimas consequências, pois assim testemunhou diante dos acusadores: “Adoro a um só Deus verdadeiro, e a Ele prometi amor e fidelidade”.

Santa Luzia, rogai por nós!

Fonte: http://santo.cancaonova.com/

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

INICIADOS OS FESTEJOS EM HONRA A SANTA LUZIA


Foram iniciados nesta noite,  às 18h30, com a reza do terço, novena, adoração ao Santíssimo Sacramento e uma missa celebrada pelo padre Luís Gabriel, pároco de São João Eudes, no bairro Jardim das Oliveiras, os festejos em honra a Santa Luzia, protetora da visão.

Como acontece todos os anos, os fiéis católicos, especialmente os devotos de Santa Luzia, lotaram a Sua Capela. No comentário da Missa, a comentarista informou que o nome da Santa deriva de luz e é invocada como protetora dos olhos. Muitas pessoas foram nesta noite participar da novena, da adoração ao Santíssimo, bem como rezar o terço e da celebração eucarística para obter de Deus a cura dos males da visão e dos males da alma.

PROSSEGUE 


O novenário de Santa Luzia tem sequência amanhã, a partir das 18h30, com a reza do terço, novena, adoração ao Santíssimo e Missa. 


segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Homilia do 2º Domingo do Advento 04/12/2016 PSJE

Olá meus irmãos!!! Confiram a homilia presidida pelo Pe. Johnja López Pedrozo, cjm.  Não deixe de assistir. 







. 
Edição: Pastoral da Comunicação SJE

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS E JANTAR PARA COMEMORAR ANIVERSÁRIO DO PADRE LUÍS GABRIEL



Um número significativo de paroquianos, membros de pastorais, Associados e Amigos dos Eudistas participaram de missa em ação graças e de jantar na Casa de Formação dos Padres Eudistas para comemorar o aniversário do padre Luís Gabriel, pároco de São João Eudes, do bairro Luciano Cavalcante.


A noitada de anteontem, segunda-feira, dia 28, foi iniciada com uma celebração eucarística, presidida pelo aniversariante, que foi muito cumprimentado pelos que marcaram presença tanto no jantar como na missa, da qual tomou parte também o padre Johnja. Logo em seguida, foram servidos salgadinhos, refrigerantes e sucos e depois foi servido um jantar.
O padre Luís Gabriel agradeceu a presença de todos e lembrou aos presentes que, naquele dia estava completando seis anos como pároco de São João Eudes e deixou transparecer que estava satisfeito em servir aquela Paróquia. Vale ressaltar que ele é muito querido pelos paroquianos, onde  fez e continua fazendo um grande número de amigos. 


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Aniversário Pe Luis Gabriel



A Paróquia São João Eudes, em Fortaleza-Ceará, em festa, louva e agradece a Deus, pelo dom da vida do seu Pároco, Pe Luis Gabriel Mendoza Morales!
Desejando que o Espírito Santo de Deus permaneça sempre com ele, iluminando, guiando, e fortalecendo sua fé e caminhada para que a vontade de Deus sempre seja feita na sua vida!
Parabéns Padre!
Que Jesus e Maria viva e reine no seu coração!