segunda-feira, 1 de julho de 2019

PROCISSÃO, COROAÇÃO E MISSA MARCARAM O ENCERRAMENTO DA FESTA EM HOMENAGEM A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO, NO GUARARAPES





A palavra verdade foi o tema da homilia do padre Santino Sacramento, na missa de encerramento da festa em homenagem a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ontem, dia 27, na Capela do bairro Guararapes, nas proximidades do Shopping Iguatemi. Ele terminou dizendo que Jesus, filho de Maria, “é a verdade e ela também”, porque conviveu com o seu Filho, até o último momento da vida dele.

A celebração foi iniciada depois de uma procissão de fiéis, devotos de Nossa Senhora, percorrendo algumas ruas do bairro, como Justino Café Neto, Francisco Farias Filho, Cláudio Manuel Dias Leite, Jacinto Botelho e Albert Sabin. O presidente da celebração, padre Santino Sacramento, pároco de São João Eudes, foi auxiliado na missa pelos padres José Mário, provincial da Colômbia, e Luís Gabriel, ex-pároco, que passa uma temporada de férias em Fortaleza.

TERÇO

A procissão, acompanhada por um número significativo de fiéis, foi animada por membros do Terço dos Homens, que rezaram o terço mariano e cantaram durante todo o percurso. Foram também responsáveis pela condução do andor, com a imagem da Santa, que na entrada da Capela, foi aplaudidíssima pelas pessoas que ali já se encontravam.

Quem também acompanhou a procissão, cumprindo todo o percurso, foi o padre Santino, que antes de iniciar a celebração eucarística, coroou a imagem de Nossa Senhora, com a presença de quase uma dezena de anjos (crianças), que receberam muitas palmas quando adentravam à Capela.

QUADRILHA

Na parte social, a grande atração foi a Quadrilha do Zé Testinha, que fez uma bonita apresentação para os presentes, na área do estacionamento de veículos, da Capela, arrancando aplausos.


ENCERRAMENTO DA FESTA EM HONRA A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO



Com uma procissão, às 18h30min, que percorrerá algumas ruas do bairro Guararapes, com os fiéis rezando o Terço Mariano, coordenado pelo movimento Terço dos Homens, e uma missa celebrada pelo pároco Santino Sacramento, fica encerrada hoje, dia 27, a festa em honra a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.  Após a celebração, às 19h30min, na Capela localizada nas proximidades do Shopping Iguatemi, está programada uma apresentação da Quadrilha Zé Testinha.

ONTEM

  Ontem, dia 26, com uma missa presidida pelo padre Luís Gabriel, ex-pároco de São João Eudes, e a participação do padre José Mário, Superior Geral da Congregação Jesus e Maria, foi encerrado o tríduo, que contou com a presença de um número significativo de fiéis, que acompanharam a adoração, o Terço Mariano, coordenado pela Legião de Maria; reflexão do dia, bênção do Santíssimo e celebração eucarística.



QUADRILHA DO ZÉ TESTINHA ANIMA FESTA DO PERPÉTUO SOCORRO


Com hasteamento da bandeira e uma missa celebrada, domingo,  pelo padre Juan Carlos foram iniciados os festejos em homenagem a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que prosseguiram, ontem, dia 24 de junho, dia em que se comemora a Natividade de São João Batista, e com a realização da primeira noite do Tríduo, com a reza do Terço Mariano e missa presidida pelo Monsenhor Idelfonso.  0  celebrante do segundo dia, hoje, é o padre Johnja Lopez e, amanhã, quarta-feira, encerrando o tríduo, o padre Luiz Gabriel que chegou hoje a Fortaleza. O Tríduo vai até amanhã, e a festa será na próxima quinta-feira.  

A festa ficará encerrada no dia 27, quando se comemora o dia de Nossa Senhora, com uma missa e procissão, que percorrerá algumas ruas  nas imediações da Capela e depois a solene celebração eucarística presidida pelo pároco Santino Sacramento. A Capela fica localizada no bairro Guararapes, nas proximidades do Shopping Iguatemi.

A grande atração da festa de encerramento será a Quadrilha do Zé Testinha.

Com informações e fotos de Ana Maria Pinheiro e Fernando Pinheiro

Fonte: http://blogdasagradafamilia.blogspot.com/2019/06/quadrilha-do-ze-testinha-anima-festa-do.html

SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI NA PARÓQUIA SÃO JOÃO EUDES DUROU TRÊS HORAS





A  bela  solenidade de Corpus Christi, na Paróquia São João Eudes, no  Luciano Cavalcante, durou três, porque além da celebração eucarística, sob a presidência do pároco Santino Sacramento e concelebrada pelos padres Johnja Lopez e Juan Carlos, teve a reinvestidura de mais de 50 Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão (Mesc), das cinco capelas,  e a procissão do Santíssimo Sacramento, que percorreu algumas ruas do bairro, entre elas Thompson Bulcão, Reverendo Bolivar Pinto e Doralice Costa.

PROGRAMAÇÃO

Depois da homilia, foi realizado o rito  de reinvestidura dos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, por mais um ano, eles  que levam a comunhão,visitando os enfermos e idosos, que não podem  mais participar de missas  e auxiliando os nossos sacerdotes,  nas missas, casamentos  e batizados  na paróquia.

Em seguida, o Santíssimo saiu em procissão acompanhado dos fiéis, que estavam participando da celebração, voltando depois  para a Capela Menino Deus (Igreja Matriz), onde houve um grande momento de intercessão e súplica diante de Jesus Sacramentado.

A solenidade de Corpus Christi, na Igreja Matriz da Paróquia São João Eudes, foi encerrada com a bênção do Santíssimo para todos os fiéis que tomaram conta das dependências  da Capela Menino Deus.  


quinta-feira, 20 de junho de 2019

Programação do Tríduo em honra a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 2019

Programação Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - 2019

TEMA:  MARIA É MÃE E RAINHA DE TODA A CRIAÇÃO                         
LEMA: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO CUIDA DE  NÓS E DE NOSSA TERRA COMO CUIDASTES DE TEU FILHO JESUS

Tríduo de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro:
Dia 23/06/2019 – Domingo – Abertura da Festa
Missa de abertura: 17:00h –
                    Hasteamento da bandeira
                    Devolução dos Ícones
Comunidades Convidadas: Todas as Comunidades
Pastorais da Capela responsáveis pelos serviços nas barracas:

Dia 24/06/2019 – Segunda Feira -  1º dia do Tríduo
Terço Mariano com Adoração ao SS   -  Horário: 18:30 h
Responsável: Terço dos Homens                                                                                   
Novena -  Horário: 19:00 h                                                                                                           Missa – Horário : 19:30 h
Comunidades Convidadas: LIBERTAÇÃO E MISERICÓRDIA
Pastorais Convidadas: Terço dos Homens Paroquial e JME
Pastorais da CNSPS responsáveis pelo serviço nas barracas:
Dia 25/06/2019 – Terça Feira 2º dia do Tríduo
Terço Mariano -  Horário: 18:30 h
Responsável: MESC                                                                                       
Novena -  Horário: 19:00 h                                                                                                           Missa – Horário: 19:30 h
Comunidade Convidada: SANTA LUZIA
Pastoral convidada: MESC Paroquial e Liturgia
Pastorais responsáveis pelos serviços nas barracas:
Dia 26/06/2019 – Quarta Feira- 3º dia do Tríduo
Terço -  Horário: 18:30 h
Responsável: Legião de Maria
Novena – Horário: 19:00 h                                                                                          Missa - Horário: 19:30 h                                                              Comunidades Convidadas: MATRIZ
Pastorais convidadas : Legião de Maria Paroquial , Dízimo e Pastoral Familiar

Dia 27/06/2019-  Quinta Feira – Festa
Procissão e Terço: 19:00 h
Responsável: Terço dos Homens
Missa: 19:30 h
Comunidades: Todas as Comunidades e as Pastorais da CNSPS
Apresentação da Quadrilha do Zé Testinha após a Missa

ATRAÇÕES:
Bazar – Mirian/ Francilita / Yulanda
Bingo – conseguir doações para prendas
Rifa Barraca- Pastorais
Música – Paulo
Iluminação: Sr. Jorge
Quadrilha do Zé Testinha : Apresentação dia da Festa:
ÍCONES: Serão entregues dia 02/06/2018 na missa das 9:00 h e devolvidos no dia da abertura da festa, dia 23/06/2018, na missa das 9:00 h
Terço da Procissão: Responsáveis Terço dos Homens
Novena: MESC





domingo, 2 de junho de 2019

PADRE SANTINO EMPOSSADO COMO PÁROCO DE SÃO JOÃO EUDES, EM SEGUIDA, COROA NOSSA SENHORA





O padre Santino Sacramento foi empossado, na noite de anteontem, dia 30 de maio, pároco de São João Eudes, durante a celebração eucarística, presidida por dom Valdemir Vicente Andrade dos Santos, bispo auxiliar de Fortaleza. 

No final da missa, padre Santino coroou Nossa Senhora. Estiveram presentes, além de um número significativo de paroquianos, que lotaram a Igreja Matriz (Capela Menino Deus), Legionárias de Maria, o Mesc Paroquial, seminaristas e os padres eudistas Johnja Lopez e Juan Carlos,  e padre Zacarias Virgílio  e Monsenhor Ildefonso Rodrigues, os dois últimos convidados, que também celebram na paróquia.


No início da celebração, Dom Valdemir apresentou o Padre Santino e em seguida, Padre Johnja Lopez fez a leitura da provisão da sua posse assinada por D. José Antonio Aparecido, nosso arcebispo, datada de 17 de maio de 2019.   Recebeu as chaves da Capela das mãos de d. Valdemir. Após a homilia, Padre Santino fez o juramento de Fidelidade e Profissão de Fé.

HOMILIA

Dom Valdemir começou a sua homília dizendo que “este é um momento de graças e bênçãos, mas de muita expectativa, de uma nova esperança e novas graças”. E que o pároco sinta que tem colaboradores, “com leigos colaboradores para que ele  possa trabalhar e desempenhar sua missão à frente da Paróquia”. Fez uma pausa para acrescentar que o pastor tem uma visão geral global da Paróquia, das comunidades”. Por outro lado, o leigo tem uma visão pessoal, própria da sua comunidade, da sua rua para levar a sua comunidade ao pároco e se colocar à disposição para ajudá-lo.

Sobre o Evangelho de João 16,16-20 “Em pouco tempo ainda e já não me vereis . E outra vez pouco tempo e me vereis de novo ”. Jesus aparece ressuscitado na Galileia e nossas comunidades, nossas famílias choram porque não mais o verão, porque o Senhor ascendeu aos céus, não está mais entre nós. Mas depois choram de alegria, porque o Espírito Santo nos dá a certeza de que o Ressuscitado está entre nós. Ele, o  Espírito Santo, manifesta  seus dons, para que possamos servir a sua Igreja.

Dom Valdemir comentou também a 1ª Leitura, dizendo que os cristãos expulsos se juntaram para anunciar o Senhor. E cada um deles tinha um dom para oferecer e ficaram à disposição do Espírito Santo para servir na Igreja. Todos nós temos algo para oferecer:  os mais velhos para rezar e, consequentemente, afastar o inimigo das nossas vidas, da nossa comunidade.

Após a celebração o padre Santino coroou Nossa Senhora para alegria de todos que esperavam esse momento com muita alegria e ansiedade.

Depois, todos foram convidados a se deslocar para uma área ao lado direito da Capela para se deliciarem com bolo, oferecido pela Paróquia.



terça-feira, 28 de maio de 2019

COROAÇÃO DE NOSSA SENHORA NA CAPELA DO PERPÉTUO SOCORRO





No último domingo, dia 26 de maio, na Capela do Perpétuo, pertencente à paróquia São João Eudes, no bairro Guararapes, próxima ao Iguatemi, foi realizada a coroação de Nossa Senhora, numa celebração no final da missa das 17 horas, presidida pelo padre Santino Sacramento.

Contou com a presença dos anjos, que entraram
na Capela com flores, coração, terço e a coroa, que foi colocada na cabeça da imagem por Isabel Antunes Cavalcante. 

A Capela recebeu um número significativo de fiéis, em especial familiares das crianças e devotos (as) de Nossa Senhora.

NOVA COROAÇÃO

Nossa Senhora voltará a ser coroada,  na próxima quinta-feira, dia 30, na Igreja Matriz (Menino Deus), quando da solenidade de posse do novo pároco, padre Santino Sacramento, presidida por dom Valdemir Vicente Andrade Santos, bispo auxiliar de Fortaleza.



A FESTA DE NOSSA SENHORA DA LIBERTAÇÃO TERMINOU COM PROCISSÃO, COROAÇÃO, MISSA E 1ª COMUNHÃO DE TREZE CRIANÇAS




Com uma celebração eucarística  presidida pelo padre Santino Sacramento, novo pároco de São João Eudes, terminou na noite do último sábado, dia 25 de maio, a festa em honra a Nossa Senhora da Libertação, que lotou a sua capela, no bairro Luciano Cavalcante. Noite de encerramento dos festejos, como também nos outros dias do tríduo, estiveram presentes representações das capelas Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Menino Deus (matriz), Santa Luzia e Divina Misericórdia, bem como de pastorais e movimentos, como o do Terço dos Homens.

A Festa de encerramento começou com uma procissão saindo da residência de dona Leoni e percorreu algumas ruas do bairro, com os fiéis rezando o terço mariano, com a coordenação do seminarista Marcelo, com o último mistério rezado na Capela. Em seguida, foi realizada a procissão de entrada da Missa, com a participação de coroinhas, leitores, seminaristas e o padre Santino Sacramento.

O presidente da celebração começou homília agradecendo a todos que, "de um jeito ou de outro contribuíram para o bom êxito desta a festa". E aproveitou a ocasião para dizer que temos aqui umas crianças que tiveram um tempo de preparação para receber pela primeira vez a Sagrada Eucaristia. Trata-se de um fato inesquecível e olhando para as crianças disse, "Você não vai esquecer disso nunca. E recebê-la no dia de Nossa Mãe é realmente algo grandioso, maravilhoso". E pediu a Nossa Senhora, que "continue as abençoando" As crianças foram preparadas pelo seminarista Walter Luís Carnelossi.
      
                                                                                                                                                
O padre Santino aproveitou a oportunidade para partilhar com os fiéis uma pequena reflexão que ele fizera a partir da festa. Ele disse que ficara se perguntando, "de onde vem o nome de Nossa Senhora da Libertação?" E a resposta que ele encontrou foi a de Ela "Ser a mãe do Libertador.Ela é mãe do Libertador, Jesus Nosso Senhor, que, com sua morte na cruz nos libertou do pecado, da morte, de toda a escravidão, por isso ela é mãe Dele, Ela é também senhora da Libertação".
O que significa que temos uma padroeira com esse nome "Senhora da Libertação? "  Significa que ela não gosta de correntes, não. No tempo antigo, existiam correntes tríssicas, mas graças a Deus acabaram. Entretanto, hoje, continuam existindo correntes mentais, espirituais, sociais, que deixam as pessoas sem se movimentar, sem poder se libertar. Tem coisas que são muito ruins, de pessoas, de situações. Hoje, celebrar a festa de Nossa Senhora da Libertação é renunciar a todas essas coisas que estão tentando nos aprisionar. Uma pessoa que ama a corrente não pode ser filha de Nossa Senhora da Libertação. Só aquelas pessoas que amam a liberdade, a liberdade dos filhos de Deus. Hoje celebramos com muita honra e com muito orgulho esta festa. A festa é para que ? Para reconhecer que Ela é a mãe do Libertador . A festa é para que? Para nos comprometer também por continuar lutando o tempo todo por conseguir alcançar a cada dia nossa própria libertação.E o que é que você vai fazer com ela . Venha Diomar (seminarista), vamos ensinar a esse povo o que temos que fazer com as correntes".

Chamou o seminarista e apontou para a frente do altar e disse "aqui temos uma corrente, uma corrente confeccionada pelo Marcelo, outro seminarista, "que é muito criativo". Ele convida outro seminarista (Giovani) e manda os dois esticarem a corrente, no sentido altar e a porta de saída da Capela. O celebrante ressaltou que a corrente pode ser muito bonita, mas não se deve aceitá-la. Ela pode ser de ouro, mas não aceitem". Olha para a assembleia de fiéis e diz "você é  uma pessoa livre, porque Nosso Senhor e Nossa Senhora o libertaram. Muitas pessoas podem estar acorrentadas, amarradas e se enrolam na corrente, lentamente, até a corrente tomar conta de todo o seu corpo, de maneira silenciosa. Você não sabe quando a corrente vai chegando e quando você acorda está totalmente acorrentada e se você é uma pessoa que está totalmente acorrentada, o que deve fazer para se livrar das correntes?  Manda rezar  e por 3 vezes disse, "porque somos filhos de Nossa Senhora da Libertação", o que era repetido pela assembleia. E todos os presentes prorromperam em aplausos com a encenação

1ª COMUNHÃO

Terminada a homília do padre Santino, o seminarista-comentarista Altemir convidou às 13 crianças, uma por uma, a acenderem suas velas no CÍrio. Logo em seguida, todos receberam Cristo pela primeira vez, das mãos do padre Santino.

COROAÇÃO

Final da Missa foi realizada a coroação da imagem de Nossa Senhora da Libertação. Foi uma festa muito bonita.

Fonte:http://blogdasagradafamilia.blogspot.com/2019/05/a-festa-de-nossa-senhora-da-libertacao.html